sábado, fevereiro 13, 2010

Mulheres finas, comuns, vulgares e depravadas.

COMO ELAS SE COMPORTAM:

NO TOILETTE:

M U L H E R F I N A: (nada diz)
M U L H E R COMUM: Essa calcinha me incomoda.
M U L H E R VULGAR: Eu odeio calcinha enfiada no rego.
MULHER DEPRAVADA: Eu tenho ódio de calcinha enfiada no cú.


APÓS UM JANTAR:

M U L H E R F I N A: O jantar estava divino, parabéns.
M U L H E R COMUM: Estou satisfeita.
M U L H E R VULGAR: Tô cheia.
MULHER DEPRAVADA: Comi até o cu fazer bico.


NO CHURRASCO:

M U L H E R F I N A: Está ótima essa lingüiça.
M U L H E R COMUM: Muito boa essa lingüiça.
M U L H E R VULGAR: Noooosa que lingüiça grande!...
MULHER DEPRAVADA: Tô comendo a lingüiça do churrasqueiro (gargalhada).


VENDO UM AMIGO CHUPANDO UM SORVETE:

M U L H E R F I N A: Posso experimentar!?
M U L H E R COMUM: Me dê um pedaço!?
M U L H E R VULGAR: Posso dar uma chupada?
MULHER DEPRAVADA: Deixa eu chupar? Não vou morder, garanto. (gargalhada)

COMO SE VESTEM:

M U L H E R F I N A: de acordo com o evento.
M U L H E R COMUM: sempre da mesma forma, jeans, camisete e tênis em todos os eventos.
M U L H E R VULGAR: micro saia, bermuda agarrada, em todos os eventos.
MULHER DEPRAVADA: frente única no churrasco, micro saia mostrando a calcinha à noite.


BEBIDAS:

M U L H E R F I N A: champanhe, uísque e vinho, dependendo da ocasião.
M U L H E R COMUM: batida.
M U L H E R VULGAR: cerveja.
MULHER DEPRAVADA: cachaça, conhaque, cerveja, vodca, licor, água de bateria, etc


PROCURANDO UM AMIGO QUE SE CHAMA ADILSON NUMA FESTA:

M U L H E R F I N A: Você viu o Adilson?
M U L H E R COMUM: Cadê o Adilson?
M U L H E R VULGAR: Adilsoooooooonnnnnnnnn!!!
MULHER DEPRAVADA: Caralho, onde o viado do Adilson se meteu, cacete!


SAINDO DA MESA PARA IR AO BANHEIRO:

M U L H E R F I N A: Com licença, vou retocar a maquiagem.
M U L H E R COMUM: Vou a toilette.
M U L H E R VULGAR: Vou tirar água do joelho. (risos)
MULHER DEPRAVADA: Vou fazer um download, soltar um barro, matricular o Pelé na natação (gargalhada)


VENDO UM HOMEM INTERESSANTE:

M U L H E R F I N A: Muito simpático!
M U L H E R COMUM: Que homem liiiindo!
M U L H E R VULGAR: Dessa fruta eu chupava até o caroço!
MULHER DEPRAVADA: Eu deixava ele fazer barba, cabelo e bigode.


O QUE DIZEM QUANTO UM INDESEJÁVEL LHE FALA ALGUMA GRACINHA:

M U L H E R F I N A: (ignora)
M U L H E R COMUM: Tem gente que não tem noção.
M U L H E R VULGAR: Vai te catar o meu! Não se enxerga não!?
MULHER DEPRAVADA: Vai tomar no cú, viado, corno...


O QUE ROLA NO PRIMEIRO ENCONTRO:

M U L H E R F I N A: só um beijo de despedida.
M U L H E R COMUM: muitos beijos.
M U L H E R VULGAR: beijos e carícias (AMASSO)
MULHER DEPRAVADA: trepa e dá a bunda dizendo que era virgem atrás.


OUVINDO JAZZ:

M U L H E R F I N A: Liiindo!
M U L H E R COMUM: Adoro qualquer tipo de música!
M U L H E R VULGAR: Que porra de música é essa?
MULHER DEPRAVADA: Tira essa merda aí, coloca um pagode, cacete!


DIANTE DE UMA BROCHADA DO PARCEIRO:

M U L H E R F I N A: Meu amor, isso acontece. Fique tranqüilo.
M U L H E R COMUM: O problema é comigo?
M U L H E R VULGAR: Você já trepou hoje com alguma vadia?
MULHER DEPRAVADA: Caralho, quer que eu faça fio terra em você?


ASSISTINDO UM BALLET:

M U L H E R F I N A: Bravo!!!
M U L H E R COMUM: Lindo!!!
M U L H E R VULGAR: Perdi meu tempo, deixei de ver as videocassetadas.
MULHER DEPRAVADA: Que porra é essa? Ridículo, isso é coisa de viado!


REFERINDO AO ORGÃO GENITAL DO PARCEIRO:

M U L H E R F I N A: Pênis
M U L H E R COMUM: Pinto
M U L H E R VULGAR: Pau
MULHER DEPRAVADA: Caralho


ASSISTINDO UMA PARTIDA DE FUTEBOL:
M U L H E R F I N A: Prefiro voley
M U L H E R COMUM: Vamo São Paulo, Vamo São Paulo, vamo ser campião!!
M U L H E R VULGAR: Juiz filha da Puta, lazarento
MULHER DEPRAVADA: Nego, Negooo, Bora Mengooo!!!

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Postagens populares

Total de visualizações

About Me

Minha foto
Mulheres em Trânsito
Sou alguem que aprendeu enfim a penetrar na profundidade do meu eu. Tenho descoberto diversos tesouros escondidos Coisas que quis ser e não fui. Como ainda respiro, provando estar viva, vou ser o que quero ser. Não sei se isso explica quem sou eu. Pois nem que eu usasse os 1200 caracteres permitidos, conseguiria dizer quem sou eu. Sou criança ainda estou aprendendo.
Visualizar meu perfil completo

Minha lista de blogs

Seguidores